quarta-feira, 26 de outubro de 2011

NADA COMO A EMOÇÃO DE PODER OUVIR PELA PRIMEIRA VEZ...

o vídeo está em inglês... mas mesmo quem não compreende a língua, consegue perceber a emoção da menina ao escutar pela primeira vez...
video



Sarah Churman, nasceu surda e aos 29 anos ouviu pela primeira vez. Este momento foi filmado e publicado em sua página do Youtube na qual usa o nickname “sloanchurman”. Disponibilizado no dia 29 de setembro, o vídeo já conta com mais de 3 milhões de visualizações.

Na descrição do vídeo ela diz: "Eu nasci surda e há oito semanas eu fiz um implante. Este é o vídeo que mostra a ativação do aparelho e eu ouvindo minha voz pela primeira vez". Ela ainda explica que a prótese auditiva implantada é chamada Esteem Implant e que usou leitura labial para ajudar na compreensão do som neste dia.

No entanto, o fato de Sarah ouvir perfeitamente logo nessa primeira vez e ter a dicção bem diferente da maioria das pessoas surdas de nascença (que não pronunciam muito bem as palavras por jamais terem ouvido o som das mesmas) está causando dúvida nos internautas: ela seria realmente surda?

“Estranho. Eu assisti muitos documentários e li alguns blogs pessoais sobre pessoas que foram 100% surdas durante toda a vida e depois colocaram um implante auditivo. Nenhuma delas foi capaz de ouvir perfeitamente bem depois de ligá-lo pela primeira vez, elas tiveram que passar horas na aprendizagem para interpretar corretamente os sons. De modo que isso parece inacreditável para mim”, diz um dos comentários do vídeo.

Ela responde em sua página no Youtube: "Minha vida toda fui elogiada por falar bem. Eu realmente não tenho uma resposta para você a não ser a de que eu sempre fui apaixonada por leitura, gramática e inglês. Minha perda auditiva era/é considerada de severa a profunda. Eu tenho trabalhado muito duro para conseguir interagir. A única coisa que eu posso dizer é que Deus é bom".


FONTE: Virgula UOL


* O TEXTO ENCONTRA-SE EM SEU FORMATO ORIGINAL. ERROS GRAMATICAIS E DISTORÇÕES SÃO DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário