quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O PERFIL DO SURDOCEGO

video




"Para quem não conhece: senhora surdocega desde os 6 anos de idade casada com surdocego (ele com síndrome de Usher) ilustra brevemente recepção tátil de fala (leitura orofacial tátil via Tadoma da fala de seus interlocutores) e recepção tátil da sinalização do esposo (que ela traduz em Português falado para a audiência). Interessante depoimento sobre a importância da força de vontade para superar preconceitos e vencer barreiras de comunicação. (...) Ele é surdo congênito e perdeu a visão aos 9-10 anos de idade. É sinalizador nativo, sua língua materna é Libras, e usa sinalziação tátil. Ela é surdocega oralizada bilíngue, sua língua materna é o Português, mas domina Libras e se comunica... com o esposo e com outros surdocegos sinalizadores por meio de língua de sinais tátil e com ouvintes por meio da fala e com falantes por meio da leitura orofacial tátil. Casal bonito e extraordinário, que ilustra a importância de unir mundos usando todos os recursos de que somos dotados. Não há qualquer lugar para preconceito frívolo. Sinalismo e Oralismo sinérgicos, mutuamente includentes e inclusivos. Gente como a gente que luta para se superar e acaba nos fazendo a todos melhores à medida que aprendemos com eles".

Fernando Capovilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário